Como fazer seu Tempo correr ao seu Favor?

Como fazer seu tempo? Tem sido frequente encontrar executivos que se consideram pessoas multitarefas, aparentemente capazes de manter um monte de bolas no ar ao mesmo tempo. Agora, se manter as bolas no ar fosse o objetivo, isso seria ótimo. Entretanto, essas bolas representam ações que precisam ser concluídas no caminho para se atingir a verdadeira meta.

Manter ações no ar ou fazer malabarismos com múltiplas ações ao mesmo tempo não é o mesmo que concluir essas ações.

É claro, cada meta requer uma série de tarefas ou ações para ser concluída. O desafio é como manter seus olhos no prémio (atingir as metas que são mais importantes) enquanto lida com as dezenas, se não centenas, de ações que estão em seu prato.

1. Concentre-se no objetivo ou valor: esclareça o que você está tentando realizar e por quê.

Esclarecer quais áreas da vida são mais importantes para você (saúde, riqueza, crescimento pessoal, crescimento espiritual, relacionamentos, família, carreira, trabalho, etc).

O que é que você quer e o que você espera obter como resultado? Aqui está uma importante distinção: olhe simplesmente para o que você está focado e por que é importante para você, e poderá descobri que algumas metas ou tarefas desaparecem rapidamente porque não são tão importantes.

Faça a si mesmo um favor e gaste um pouco de tempo neste passo; esclareça não o que você quer, mas também por que você quer isso. Uma vez sabendo o porquê, mas também por que você quer isso.

Uma vez sabendo o porquê, você poderá abandonar algumas dessas “metas” ou descobrir partes importantes do processo nas quais precisas atenção enquanto chega lá.

2. Concentre-se em suas metas: como elas serão quando você chegar lá?

Identifique as áreas da vida que são mais importantes para você e defina uma ou duas metas claras para cada área que você nomear.

Não subestime esses dois primeiros passos de concentração. Há um velho ditado no interior que se aplica aqui: Se você não sabe para onde está indo, qualquer estrada servirá.

3. Concentre-se nas próximas ações:

Faça uma lista de ações que você pode executar que irão lhe levar em direção a suas metas.

Não fique obsessivo em relação a ter de imaginar todos os passos para cada meta e uma terceira lista de passos referentes a ações, a partir da qual possa escolher a qualquer momento.

4. Crie listas separadas para cada área-chave.

Agora que sabe o que é importante para você, mantenha uma lista de suas metas importantes, uma outra lista de projetos que terá de completar para atingir cada meta e uma terceira lista de passos referentes a ações, a partir da qual possa escolher a qualquer momento.

5. Concentre-se em pequenas coisas: se a tarefa é difícil, faça um pequeno progresso a cada dia.

Ao longo do dia, escolha passos referentes a ações que você pode executar agora com os recursos que tem disponíveis no momento, e depois passe para o próximo.

Você pode desmembrar a lista de tarefas em listas de ações parecidas.

6. Ter uma lista “de coisas que não exigem trabalho intelectual”.

Esta lista deve conter diversas tarefas que não requerem muita atividade mental e não são críticas no tempo requerido para serem cumpridas.

Ao concluir alguns itens simples, você ganha fôlego e pode então se concentrar em tarefas mais importantes.

7. Revise e atualiza suas listas regularmente.

Uma vez por sema, revise sua lista de metas para se certificar de que está fazendo progresso.

Caroline Calaça- Executive & Business Coach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu