Seis Erros na Especificação de Objetivos

Especificação de objetivos

Seis erros que todo coach já cometeu ou ainda vai cometer na especificação de objetivos. Quando nos tornamos coaches, aprendemos a fundamental importância que o objetivo tem para o sucesso do projeto de coaching. Mas quando chegamos à prática nos deparamos com alguns fatos que podem dificultar a aplicação do nosso aprendizado:

O primeiro deles é que as pessoas são diferentes e únicas e, portanto, reagem de maneira individualizada a nossa abordagem. Outro fato é que quando estamos lidando com alguém mais cético ou mais resistente, ficamos mais vulneráveis a ceder ou a não sermos tão criteriosos quanto recomendável. Outro aspecto de ordem prática que pode afetar o nosso desempenho é o tempo: temos um horário definido e que funciona como limitador da nossa interação. Pois bem, vamos então comentar alguns erros que podem ocorrer nestas circunstâncias:

1) Usar a mesma ferramenta especificação de objetivos para todos os coachees:

Este erro é muito comum e ele deve ser evitado, pois se as pessoas são diferentes, elas têm necessidades diferentes. Cabe ao coach identificar como é o ritmo de raciocínio desta pessoa (se é lento ou ágil), se é assertivo ou prolixo ao se comunicar, se é resistente ou aberto aos questionamentos, se tem muitos pontos cegos sobre si mesmo ou não.

Ao ter estas percepções definidas, o coach pode escolher em seu arsenal de ferramentas, qual seria a mais adequada para aquele caso em questão. É importante que o coach tenha consciência que a sua 1ª formação, 2ª ou terceira não serão suficientes para garantir um arsenal de qualidade.

É preciso sempre buscar novos recursos para fazer frente às necessidades de cada cliente que nos demanda. Esta é uma caminhada em que o aperfeiçoamento não termina nunca.

2) Gastar mais de 2 sessões especificando objetivos:

A especificação de objetivos é um momento crucial do processo, mas não pode ocupar mais do que duas sessões, pois o projeto deve ter momentos para garantir reflexão e ação que levem aos resultados pretendidos.

Duas sessões são mais do que suficientes para garantir que o ponto B seja detalhado. Delongar este processo pode colocar em risco a credibilidade do coach e o comprometimento do coachee.

3) Permitir que o coachee defina um objetivo subjetivo e não mensurável:

É natural que o coachee não saiba o que quer, mas o coach dever ser de fato o condutor do processo! O papel do coach é ajudar o coachee a definir quais são os fatores que caracterizarão o sucesso do projeto e estas evidencias deverão ser auditáveis, ou seja, devem permitir sua medição e demonstração que o que foi definido como alvo foi de fato alcançado.

Este aspecto garante uma avaliação de sucesso do coachee e também do coach, pois possibilita inclusive a mensuração do ROI em coaching executivo.

4) Criar vários objetivos diferentes e complexos para o processo de coaching:

O objetivo existe justamente para definir o foco em que o coachee vai dar ênfase ao concentrar seus esforços para atingir um alvo qualquer.

Por isto mesmo se trabalha apenas um objetivo de cada vez e no caso do coaching executivo, este objetivo, necessariamente deve estar atrelado à estratégia da empresa e deve ter um impacto significativo no negócio.

5) Não gastar uma sessão completa detalhando e especificando objetivo:

Quando o coach está muito afoito para proporcionar reflexões ao seu coachee, ele pode cair na tentação de começar a desenhar o objetivo e não terminar, em função de insigths ou reflexões que mobilizaram demais o seu cliente.

Este achado é mais comum do que se imagina e põem em risco todo o processo, porque simplesmente não existe coaching sem um objetivo claro e auditável, bem como uma evidência de sucesso bem delimitada.

6) Permitir que o coachee mude seu objetivo toda hora:

Este erro decorre de um objetivo que foi mal trabalhado: a melhor forma de explorar a validade de um objetivo para o coachee é descobrir quais os motivos ele tem para perseguir este objetivo e qual a relevância que isto tem para ele.

Os motivadores e os valores do cliente fornecem uma validação interna importante para o coachee.

Se quer saber mais sobre o tema assista o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu